Locais Com Desconto Para Pneus – Qual É A Despesa Da Air?

Eu uso meu carro diariamente como empresa, dedico muito mais tempo no meu automóvel do que dormindo e empurro uma mediana de 40.000 quilômetros por 12 meses. Sem a necessidade do meu carro ou caminhão, estou desempregado, geralmente não há tempo de inatividade. Dito isto, tenho 4 meninos, cada um dos quais possui seu próprio automóvel, e fica óbvio que eu não estou adequadamente equipado para transmitir a eles a necessidade de verificações diárias dessas coisas primárias como pneus . Todos eles usaram pneus com pouca pressão, sem qualquer conhecimento dos preços que são o resultado final disso mary benemond dentista
.

Como gasto evidentemente uma quantidade significativa de seu tempo na rua, é fascinante a quantidade de momentos em que detecto automóveis na interestadual ou em toda a cidade, dirigindo com pneus visivelmente insuflados. Todos já ouvimos dizer que pneus com pouca pressão reduzem a milhagem da gasolina que um automóvel pode obter por galão, mas se livrar de uma milha ou duas por cada galão, normalmente não ressoa com os motoristas, sendo um grande problema. Para interrompê-lo: uma queda de duas milhas para cada galão, acima de um uso automático de quinze mil milhas por ano, a uma mediana de US $ 3,00 por galão para combustível, com toda a despesa comum com apenas um reabastecimento de um tanque de 20 galões por aproximadamente US $ 60,00, cada enchimento individual de 20 galões durará muito cerca de 400 milhas. A determinação final em quilometragem caiu é de 10% para cada tanque completo de gasolina. Além do período de um ano, com certeza, cerca de 1.500 milhas caíram na milhagem de combustível como consequência de pneus com pouca pressão.

Uma consideração mais importante sobre o preço é: qual é a despesa de um acidente? Você encontrará sérias preocupações de segurança com pneus com pouca pressão. Para conhecer o perigo, é crucial entender o que acontece com o pneu, uma vez que entra em contato com a rodovia quando está realmente insuflado. Um pneu é fabricado para ser inflado de acordo com a tensão especificada pelo fabricante para o procedimento padrão. A banda de rodagem dentro do pneu entra em contato com a rua na área de superfície da banda, dependendo do tamanho do pneu, em aproximadamente 5 “x5” abaixo de cada pneu individual. No caso de o pneu estar insuflado, a superfície de operação do pneu fica côncava no curso da banda de rodagem no local em que realmente foi construída para aderência e, como conseqüência da inflação insuficiente, deixa a superfície da estrada. Agora, o pneu está construindo uma conexão com a superfície da rua no piso externo e na parede lateral do pneu. Os pneus são criados para aquecer sob a unidade de fricção. Eles se tornam pegajosos para a área da rua, e o piso é projetado para absorver o calor e também proporcionar uma tração muito melhor à estrada. Um pneu com pouca pressão produz efeitos inversos.

Sempre que um pneu viaja a velocidades de rodovia em suas paredes laterais, o calor com o atrito aumenta a partir da parede lateral no lugar do interior da banda de rodagem. As paredes laterais do pneu não foram projetadas para suportar o calor que se acumula e o resultado pode ser caro. As correias estruturais que fornecem um pneu, sua força se separará e sua falha resultará no que exatamente é geralmente conhecido como ruptura. As explosões de pneus são rotineiramente a causa de contratempos e capotamentos. Em situações úmidas, um pneu insuflado é mais possível para o hidroavião, resultando em falta de conexão com a rua, tendo como resultado um provável acidente ou capotamento.

Atribuir um dólar para a redução de quilometragem é simples e também para muitas pessoas, pode ser apenas um ajuste de bolso. A seriedade dos pneus com pouca pressão está no problema de proteção. Se, com a consciência dos pequenos detalhes da pressão adequada dos pneus, um acidente pudesse ser evitado, como cada vez mais pessoas simplesmente não dispõem de tempo suficiente para examinar seus pneus toda vez que iniciam seu dia de trabalho ou abastecem seu veículo?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *